Santiago Compostela e ilhas Cies – 1ªparte da viagem pelo norte de Espanha

Em tempo de contenção nada melhor que o país vizinho para umas férias em conta. Um país aqui tão perto e com uma diversidade notável. Começámos a viagem em Santiago Compostela que há muito queríamos ir visitar. Não necessita apresentações apesar de, possivelmente devido à elevada expectativa, ficou um pouco aquém do que estávamos à espera. Infelizmente a catedral estava em obras estragando um pouco as vistas exteriores e a quantidade de pessoas era incomensurável… mas quem tira férias em Agosto já sabe como é…

Continue reading “Santiago Compostela e ilhas Cies – 1ªparte da viagem pelo norte de Espanha”

Advertisements

Sardenha – praia, caminhadas e TT

2ª parte das nossas férias de Verão. Depois de Roma, mini cruzeiro para a Sardenha. Já tínhamos o percurso planeado a começar na costa Oeste mas devido ao vento decidimos começar pela costa Esmeralda do lado leste, uma das mais famosas da Sardenha. Tão famosa que a primeira vez que avistámos esta costa, estávamos nós a descer dos montes por um caminho de terra, ficámos incrédulos com a quantidade de gigantescos iates atracados junto à costa. Alguns deles com helicópteros em cima… Foi aqui que percebemos o que significa vir à costa leste da Sardenha em pleno Agosto…

As praias são realmente lindíssimas, algumas autênticos paraísos que fazem lembrar os postais das ilhas do pacifico, não fosse a quantidade de banhistas. Durante o dia, como não podíamos estar na praia, fazíamos fora-de-estrada pelo interior na direcção norte-sul, seguindo o percurso marcado com antecedência. À noite era tempo de procurar um parque de campismo. Desta vez ainda ficamos algumas noites em campismo selvagem, tudo culpa dos preços exorbitantes de alguns parques de campismo!

A zona mais espectacular ficou reservada para o fim. As praias do Golfo de Orosei. Apenas acessíveis a pé, de jipe ou de barco, por entre falésias e enormes gargantas foram uma agradável surpresa. Só é pena estarem cheias de gente, mesmo uma delas em que o único acesso era uma caminhada de 2h com um desnível ainda jeitoso! E até tinha guarda e tudo…

Continue reading “Sardenha – praia, caminhadas e TT”

Regresso à praia dos Penedos – agora com o vídeo!

Há muito tempo que queria voltar àquele local… depois de uma tentativa sem sucesso há um ano atrás, este ano a vontade era maior que nunca. E nada melhor que juntar este desejo, à caminhada para festejar o meu aniversário. E assim foi…eu, a Ana, a Tatiana e a Joana partimos de Sesimbra na sexta feira à noite e fizemos uma noturna até ao ponto do primeiro acampamento. Estava um tempo fantástico, nem foi preciso tenda! No dia seguinte decorreu um pequeno peddy-paper para encontrar o caminho certo, organizada por mim e pela Tatiana que envolveu canoagem para passar uma zona de difícil acesso. No domingo, depois de passagens aquáticas, manobras de corda e uma noite mal dormida, tivemos o privilégio de sermos convidados pelo Ken, o proprietário Norte Americano de um catamarã que atracou ao longo da praia onde estávamos, para um copo de cidra rosé e um pouco de conversa.

No fim, ficaram as imagens de uma das mais extraordinárias caminhadas que já realizei!

Máquina: A6000 + Sony 18-105mm f4 e Nex6 + Samyang 8mm f2.8

Mais fotos aqui!

Costa Vicentina: Troia – Odeceixe (actualizado com o video!)

Estava em Agosto e de férias. Ainda tinha uns dias antes de voltar ao trabalho e pensei: “Que hei-de fazer? Quero ir para algures, andar, passear, apreciar a beleza deste mundo…” o dinheiro não era muito e como tal carro ou mota não era opção! Sobraram as pernas… e assim foi, falei com 2 amigas para me acompanharem e la fui eu de mochila as costas pela costa fora.

1ª etapa (3 dias): Juntamente com a Tatiana,  saímos de Setúbal numa bela viagem de barco até Tróia, e continuamos até Santo André pela praia ou pelas matas adjacentes.

2ª etapa (2 dias): Com mais uma caminhante, a Ana, fomos de carro até Porto Covo e daí seguimos até Almograve sempre pela falésia e sempre que possível descíamos e seguíamos pelas praias alentejanas.

4ª etapa (3dias): As meninas voltaram par casa e eu segui, desta vez sozinho, até Odeceixe. Talvez o troço mais bonito com praias isoladas e passagens impressionantes, por vezes de cortar a respiração! e ainda com umas surpresas tipo cascatas de água límpida a cair para a praia…

O video!

As fotografias!

Da Charneca ao Espichel

Algumas imagens de uma caminhada de 2 dias onde o objectivo foi percorrer a costa o mais próximo do mar possível entre a Fonte da Telha e o Cabo Espichel.

Após a primeira noite junto à mina de água da Fonte da Telha, tivemos de atravessar a foz da lagoa da Albufeira a vau, com água quase pelo pescoço… Seguiu-se um longo traçado de areia até que, um pouco antes da Praia da Foz, entrá-mos na zona de rocha. Neste troço que durou quase até ao cabo, ainda pernoitamos numa zona de placas horizontais onde tivemos o prazer de conhecer as primeiras chuvas após o verão… Longa noite… De manhã seguimos pelas placas horizontais junto á agua até às pegadas de dinossauros onde subimos a falésia e nos dirigimos para a Azóia. Neste troço ainda podemos ver uma caverna à beira d’água verdadeiramente impressionante!

Caminhada à Praia do Arco do Temporal pela Serra da Azóia

Desta vez a zona escolhida foi a Serra da Azóia e uma das suas praias desertas. Originalmente o objectivo era o percurso pela Ponta dos Agulhões , mas dada extrema dificuldade do mesmo, a opção foi este. E assim foi, Eu, a Stela, a Tatiana, o Filipe, a Sandra e a Patrizia, lá fomos nós pelas falésias da Serra da Azóia e suas cavernas até à maravilhosa praia do Arco do Temporal, onde ainda se proporcionou a um banho e… a uma dança!

This slideshow requires JavaScript.

Continue reading “Caminhada à Praia do Arco do Temporal pela Serra da Azóia”