Roma e Sardenha, o filme

Apresentação do filme da nossa viagem a Roma, realizada por via marítima desde Barcelona e onde ficámos 4 dias, e à Sardenha onde percorremos a parte noroeste da ilha, sempre junto ao mar e sempre que possível por caminhos de terra.

Podes ver o relato desta viagem com fotografias da parte sobre Roma aqui e da parte sobre a Sardenha aqui.

Advertisements

De Santander ao Real Madrid – 3ª parte das férias pelo Norte de Espanha

Já estávamos de tempo contado e havia dois locais que eram imprescindíveis de conhecer. O primeiro era precisamente em Santander, o parque animal de Cabárceno. A expectativa era grande, um zoo gigante onde os animais andam livremente, lia-se no site do parque, e onde se entra com o próprio carro. Algo muito ao estilo de Jurassic Park…!

E assim foi, depois de completado o percurso de Corunha, arrancámos directamente para Santander e como tínhamos tempo fomos à procura de um local selvagem para passar a noite. Tivemos sorte, mesmo próximo do parque, no cimo de um monte bem escondido e de difícil acesso. E ainda por cima com uma vista espectacular. Continue reading “De Santander ao Real Madrid – 3ª parte das férias pelo Norte de Espanha”

A caminho da Corunha – 2ª parte da viagem pelo norte de Espanha

Depois de Santiago e das ilha Cies, seguimos para a costa leste da Galiza, partindo de Santiago até à localidade Boiro por caminhos de terra com o objectivo de conhecer esta costa, nomeadamente as ruínas Castro de Borona, povoado do sec I DC construído numa pequena península acessível por caminhos pedestres. Nesse dia ficámos ainda acampados no cimo de um monte lá perto com uma vista impressionante sobre toda a costa. De seguida seguindo o percurso em direcção a Corunha começando em Santiago, fizemos um pequeno desvio para conhecer a cascata de Ézaro e o parque natural Monte e lagoa do Louro onde acampámos no parque de campismo. Paisagem lindíssima com as dunas a separar a lagoa do mar. No dia seguinte continuámos o percurso para norte e no final do dia fomos ao primeiro banho no mar do norte numa piscina natural, a salvação para o Miguel que com o mar revolto impossibilitava as brincadeiras na água. Ficámos a noite em campismo selvagem junto a uma plantação de milho onde tínhamos almoçado no dia anterior, único local que encontrámos suficientemente escondido. Continue reading “A caminho da Corunha – 2ª parte da viagem pelo norte de Espanha”

Santiago Compostela e ilhas Cies – 1ªparte da viagem pelo norte de Espanha

Em tempo de contenção nada melhor que o país vizinho para umas férias em conta. Um país aqui tão perto e com uma diversidade notável. Começámos a viagem em Santiago Compostela que há muito queríamos ir visitar. Não necessita apresentações apesar de, possivelmente devido à elevada expectativa, ficou um pouco aquém do que estávamos à espera. Infelizmente a catedral estava em obras estragando um pouco as vistas exteriores e a quantidade de pessoas era incomensurável… mas quem tira férias em Agosto já sabe como é…

Continue reading “Santiago Compostela e ilhas Cies – 1ªparte da viagem pelo norte de Espanha”

Pelo lado selvagem de Portugal- 2ª etapa – de Melides ao Algarve

Aproveitando o 2º fds prolongado de Dezembro lá fomos nós continuar a volta a Portugal. 5 jipes, arrancámos da praia de Melides em direcção à albufeira de Morgavel. É sempre tentador descer a Costa de Vicentina junto à costa, mas além de já ser zona conhecida, é mais difícil conseguir um percurso sem apanhar alcatrão. Assim, seguimos sempre pelo interior em direcção a uma cascata pouco comum na zona de Vila Nova de Mil Fontes. Dada a altura do ano, ninguém se encontra naquele fabuloso local o que permitiu um acampamento especial.

Continue reading “Pelo lado selvagem de Portugal- 2ª etapa – de Melides ao Algarve”

Memórias TT – de Merzouga a Foum Zguid

Agosto de 2010, a estreia do Jimny em Marrocos, sozinho, sem Toys nem Mitsus, nas pistas do sul entre as duas maiores dunas de Marrocos. Foram 600 kms de 46º de dia e 37º à noite onde, como seria de esperar do pequeno japonês, esteve à altura dos mais crescidos. Apesar dos marroquinos com os seus KZJs insistentemente tentarem dissuadir a nossa passagem pelas zonas de areia, quem conhece o Jimny sabe do quanto este pequeno gigante é capaz. Ainda andámos meio perdidos no Erg Chigaga e acabámos por dormir com guardas dos “animais”, como eles diziam, que andavam a patrulhar a zona à procura de caçadores. O que mais custou foram as noites… dormir com tão altas temperaturas sem as modernices ocidentais não é facil…

Percurso aqui:

Primeira caminhada do Miguel

Já à algum tempo que não fazíamos uma caminhada e não sabíamos qual seria a reacção do Miguel a andar tanto tempo na cadeirinha. E bem, foi negativa! Sabia que mais tarde ou mais cedo ele iria querer caminhar mas não esperava que fosse tão cedo, aos 2 anos… E assim foi, depois de algumas birras na travessia da Serra de São Luís, lá tivemos que o pôr a caminhar connosco nos últimos três kms pela Serra do Louro até Palmela. Foi a primeira de muitas mais que estão para vir.