Roma e Sardenha, o filme

Apresentação do filme da nossa viagem a Roma, realizada por via marítima desde Barcelona e onde ficámos 4 dias, e à Sardenha onde percorremos a parte noroeste da ilha, sempre junto ao mar e sempre que possível por caminhos de terra.

Podes ver o relato desta viagem com fotografias da parte sobre Roma aqui e da parte sobre a Sardenha aqui.

Advertisements

De Santander ao Real Madrid – 3ª parte das férias pelo Norte de Espanha

Já estávamos de tempo contado e havia dois locais que eram imprescindíveis de conhecer. O primeiro era precisamente em Santander, o parque animal de Cabárceno. A expectativa era grande, um zoo gigante onde os animais andam livremente, lia-se no site do parque, e onde se entra com o próprio carro. Algo muito ao estilo de Jurassic Park…!

E assim foi, depois de completado o percurso de Corunha, arrancámos directamente para Santander e como tínhamos tempo fomos à procura de um local selvagem para passar a noite. Tivemos sorte, mesmo próximo do parque, no cimo de um monte bem escondido e de difícil acesso. E ainda por cima com uma vista espectacular. Continue reading “De Santander ao Real Madrid – 3ª parte das férias pelo Norte de Espanha”

A caminho da Corunha – 2ª parte da viagem pelo norte de Espanha

Depois de Santiago e das ilha Cies, seguimos para a costa leste da Galiza, partindo de Santiago até à localidade Boiro por caminhos de terra com o objectivo de conhecer esta costa, nomeadamente as ruínas Castro de Borona, povoado do sec I DC construído numa pequena península acessível por caminhos pedestres. Nesse dia ficámos ainda acampados no cimo de um monte lá perto com uma vista impressionante sobre toda a costa. De seguida seguindo o percurso em direcção a Corunha começando em Santiago, fizemos um pequeno desvio para conhecer a cascata de Ézaro e o parque natural Monte e lagoa do Louro onde acampámos no parque de campismo. Paisagem lindíssima com as dunas a separar a lagoa do mar. No dia seguinte continuámos o percurso para norte e no final do dia fomos ao primeiro banho no mar do norte numa piscina natural, a salvação para o Miguel que com o mar revolto impossibilitava as brincadeiras na água. Ficámos a noite em campismo selvagem junto a uma plantação de milho onde tínhamos almoçado no dia anterior, único local que encontrámos suficientemente escondido. Continue reading “A caminho da Corunha – 2ª parte da viagem pelo norte de Espanha”

Santiago Compostela e ilhas Cies – 1ªparte da viagem pelo norte de Espanha

Em tempo de contenção nada melhor que o país vizinho para umas férias em conta. Um país aqui tão perto e com uma diversidade notável. Começámos a viagem em Santiago Compostela que há muito queríamos ir visitar. Não necessita apresentações apesar de, possivelmente devido à elevada expectativa, ficou um pouco aquém do que estávamos à espera. Infelizmente a catedral estava em obras estragando um pouco as vistas exteriores e a quantidade de pessoas era incomensurável… mas quem tira férias em Agosto já sabe como é…

Continue reading “Santiago Compostela e ilhas Cies – 1ªparte da viagem pelo norte de Espanha”

Memórias TT – de Merzouga a Foum Zguid

Agosto de 2010, a estreia do Jimny em Marrocos, sozinho, sem Toys nem Mitsus, nas pistas do sul entre as duas maiores dunas de Marrocos. Foram 600 kms de 46º de dia e 37º à noite onde, como seria de esperar do pequeno japonês, esteve à altura dos mais crescidos. Apesar dos marroquinos com os seus KZJs insistentemente tentarem dissuadir a nossa passagem pelas zonas de areia, quem conhece o Jimny sabe do quanto este pequeno gigante é capaz. Ainda andámos meio perdidos no Erg Chigaga e acabámos por dormir com guardas dos “animais”, como eles diziam, que andavam a patrulhar a zona à procura de caçadores. O que mais custou foram as noites… dormir com tão altas temperaturas sem as modernices ocidentais não é facil…

Percurso aqui:

Memórias TT – da Malcata a Béjar

Era Dezembro, estávamos em 2010 e já há uns tempos que queria fazer as serras espanholas que delimitam as terras frias das quentes. E assim foi, sozinho no Jimny em total autonomia, com a cadela Mina em direcção a Gredos. Um percurso fácil, sem grandes dificuldades (para Jimnys…) onde a beleza da paisagem com os tons de castanho e verde característicos da região nesta altura do ano, foram a grande surpresa do percurso. Ficou na memória um acampamento junto a um rio serpenteando por entre os montes e um dos caminhos mais interessantes por onde já  passei, num planalto junto ao rio que atravessa uma propriedade com vacas e cavalos à  solta, que de repente parecia retirado de um conto de fantasia. E que tinha uma subida para carroças… A ideia era ir até  à  serra de Gredos  mas infelizmente fiquei doente ao 3o dia e resolvi regressar a casa. 3 anos depois regressei com a Ana para realizarmos  a parte do percurso  da Serra de Gata com um pouco de montanhismo à  mistura.

Percurso e infos aqui:

Férias da Pascoa – Costa Vicentina e Algarve

Algumas imagens das mini férias da Páscoa. Em tempo de contenção de custos e procura do bom tempo, resolvemos percorrer os caminhos e praias da Costa Vicentina e Serra de Monchique. Alguns já conhecidos, outros nem por isso, mas é sempre uma satisfação percorrer locais tão interessantes  e bonitos pelo nosso país.

Um passeio pelo oriente, pela história e pelo pinhal

Para o fim do ano 2016 ficou reservado um passeio pela zona centro por cinco locais aqui tão perto e muito interessantes. O Buddha Eden, um jardim oriental no Bombarral de 35 hectares com réplicas de budas, pagodes e estátuas de terracota; Mosteiro da Batalha e o Convento de Cristo onde provavelmente todos nós já fomos, nem que tenha sido em criança pela escola, mas que vistos como adulto são realmente monumentos impressionantes; Pinhal de Leiria, enorme mata de pinheiros, com  grandes extensões de areia que podem ser um pesadelo para jipes. Foi aqui que fizemos o último acampamento selvagem do ano; e a Ponte Filipina junto à barragem do Cabril.

Chegado ao local da grande noite, ainda houve tempo para visitar a Sertã num agradável passeio junto ao rio.

Continue reading “Um passeio pelo oriente, pela história e pelo pinhal”

Sardenha – praia, caminhadas e TT

2ª parte das nossas férias de Verão. Depois de Roma, mini cruzeiro para a Sardenha. Já tínhamos o percurso planeado a começar na costa Oeste mas devido ao vento decidimos começar pela costa Esmeralda do lado leste, uma das mais famosas da Sardenha. Tão famosa que a primeira vez que avistámos esta costa, estávamos nós a descer dos montes por um caminho de terra, ficámos incrédulos com a quantidade de gigantescos iates atracados junto à costa. Alguns deles com helicópteros em cima… Foi aqui que percebemos o que significa vir à costa leste da Sardenha em pleno Agosto…

As praias são realmente lindíssimas, algumas autênticos paraísos que fazem lembrar os postais das ilhas do pacifico, não fosse a quantidade de banhistas. Durante o dia, como não podíamos estar na praia, fazíamos fora-de-estrada pelo interior na direcção norte-sul, seguindo o percurso marcado com antecedência. À noite era tempo de procurar um parque de campismo. Desta vez ainda ficamos algumas noites em campismo selvagem, tudo culpa dos preços exorbitantes de alguns parques de campismo!

A zona mais espectacular ficou reservada para o fim. As praias do Golfo de Orosei. Apenas acessíveis a pé, de jipe ou de barco, por entre falésias e enormes gargantas foram uma agradável surpresa. Só é pena estarem cheias de gente, mesmo uma delas em que o único acesso era uma caminhada de 2h com um desnível ainda jeitoso! E até tinha guarda e tudo…

Continue reading “Sardenha – praia, caminhadas e TT”