TT – do Alqueva ao Guadiana

Depois de Marrocos, um pequeno passeio alentejano na companhia de amigos. Começámos logo com um acampamento num monte junto à albufeira do Alqueva, um local lindíssimo, principalmente ao nascer do sol. O passeio no dia seguinte continuou junto à albufeira seguindo-se o rio Guadiana pela margem a leste. Infelizmente muitas dos caminhos do percurso estavam fechados a cadeado o que implicou alguns kms de estrada até Pedrogão. Daqui, continuámos por pista para sul, sempre junto ao Guadiana pela margem oeste, onde montámos o segundo acampamento. Mais uma vez local muito interessante, com um caminho de acesso muito pouco visível, com vegetação que por vezes era do tamanho dos jipes. No dia seguinte, continuámos o track, passando pelo Pulo do Lobo até pouco antes de Mértola onde demos por terminado o passeio.

Ficam aqui algumas imagens do passeio:

 

Advertisements

Viagem a Marrocos 2016

Este ano a viagem a Marrocos teve um significado especial. Foi a primeira vez que o nosso bebé saiu da Europa e entrou neste maravilhoso país. Não foi uma decisão fácil. No verão passado, com apenas 5 meses, já tínhamos ido à Croácia de carro, mas desta vez teríamos de sair do conforto europeu, da proximidade de qualquer hospital. Ali, sabíamos que iríamos estar a centenas de kms de um hospital e separados por caminhos de terra. No entanto e tendo em conta o bom conhecimento do país que fomos adquirindo nos últimos anos, decidimos ir à aventura com o nosso bebé de 1 ano e concebemos um percurso fácil com passagens por albergues de modo a dividirmos as noites “selvagens” com os albergues.

Continue reading “Viagem a Marrocos 2016”

Multi-Aventura na Arrábida

Evento empresarial com três actividades diferentes: Passeio todo-terreno em jipe, caminhada pela Chã dos Navegantes até à praia da baleeira e regresso a Sesimbra de barco com o apoio da Vertente Natural. O passeio de jipe começou na Fonte da Telha com o grande estradão da Apostiça seguindo-se uma zona mais trialeira junto à Lagoa da Albufeira, onde inclusivamente atascámos um dos UMM. Seguiu-se a caminhada pela Chã dos Navegantes onde, ao invés do percurso normal, descemos até ao mar por uma escarpa que dava acesso direto aos barcos que já nos esperavam. No regresso a Sesimbra podemos apreciar toda a costa da Arrábida com suas praias isoladas e penhascos inacessíveis.

Mais uma grande actividade Withoutdoors!

 

Sony A7s vs Sony A6000

Vou começar este pequeno relato das minhas primeiras experiências com a A7S, com uma breve análise à A6000, máquina que tenho usado intensivamente no último ano, quer em vídeo, quer em fotografia, nos mais variados contextos e situações. Aprendi imenso acerca desta pequena maravilha e fiquei a conhecer todos os seus pontos positivos mas também os seus negativos.

Dos seus pontos positivos realço:

  • A imensa resolução (24mp) e dinâmica das fotografias até ISO 1600;
  • A qualidade do vídeo com boa resolução e baixo ruído até ISO 3200 e poucos artefactos tipo “moire” e “aliasing”(agora inclusive no formato XAVC-S, após actualização de firmware, que melhora bastante a imagem em situações com muito movimento);
  • Focagem muito rápida e precisa com detecção por fase desde que nos encontremos em situações de boa luminosidade. Boa capacidade de seguimento de objectos;
  • Tamanho diminuto e baixo peso e possibilidade de usar quase todas as lentes que existem em modo manual com muito boas ajudas à focagem como “peaking” e “zoom focus”;
  • Preço imbatível neste momento!

Pontos negativos…

  • Capacidade limitada em situações de pouca luz acima do ISO 3200, quer em fotografia, quer em vídeo, algo bastante importante para o tipo de trabalhos que realizo;
  • Capacidade de focagem automática em pouca luz é muito fraca (sensibilidade 0EV)! Talvez o ponto mais fraco quanto a mim. Além de muito lenta, deixa mesmo de conseguir focar em situações que não são ainda de fraca luminosidade;
  • Apesar de nunca ter tido problemas com a construção, não é resistente ao pó nem à água, o que em determinadas situações pode ser fundamental;
  • Não tem estabilização integrada no corpo.

Continue reading “Sony A7s vs Sony A6000”

Raiz d’Aldeia 2015

Algumas fotos da nossa pequena passagem por este belíssimo festival de música e dança organizado pela Tradballs em Janeiro de Cima, numa praia fluvial do rio Zêzere.

 

Mais fotografias aqui!

Uma pequena passagem fotográfica por Arealva

Quinta da Arealva, antiga quinta de produção de vinhos e atualmente em ruínas, é também um local conhecido por muitos fotógrafos e conhecedores da zona, pela mística e paisagens que proporciona. No entanto é também um dos melhores exemplos da degradação do patrimônio português e o quão mal aproveitado está. A poucos minutos de Lisboa e com uma magnífica vista sobre a mesma, não é preciso muita imaginação para se ver o que poderia ser este lugar…