Menu Fechar

A7III vs A7RII breve comentário sobre 4k e 1080p

Uma das grandes vantagens da A7III são a bateria de maior capacidade, muito bem vinda e que muda muita coisa. Cada uma dura tanto como 2 ou 3 das antigas. É um grande problema na A7RII e que felizmente foi melhorado pelo Sony. Outra importante diferença é o 2º cartão SD possibilitando gravar uma cópia no 2º cartão o que em certos trabalhos é uma segurança bem vinda. Nunca me aconteceu mas tudo o que é mecânico pode falhar incluindo um SD a meio de um trabalho… O ecrã táctil permite seleccionar os pontos de focagem directamente no ecrã o…

Galiza 2018 – de Ferrol ao Cabo Ortegal (148kms)

Filme engloba a viagem pela Galiza de 2017 e 2018 Esta foi uma viagem especial. Foi a primeira da Madalena. Com um pouco mais de 1 mês tínhamos 15 dias de julho para passear e resolvemos ir continuar o passeio TT pelo norte de Espanha que o ano anterior andámos a fazer (ver artigo). A escolha do norte de Espanha teve tudo a ver com a Madalena. Não poderíamos ir para um local muito quente, dado que íamos acampar, mas queríamos zonas com praia, afinal estávamos no verão. Na realidade nem sabíamos se chegaríamos la a cima. Nunca tínhamos feito…

Portugal 2018 – 3ª etapa Plsp – Pelo Algarve dentro até à albufeira de Odiáxere (170kms)

Depois de percorrermos os montes alentejanos na 2a etapa finalmente fomos conhecer um pouco da Costa Vicentina começando logo com uma praia escondida de acesso só a 4×4 entre a praia do Canal e a do Penedo, logo a seguir a Aljezur. Zona lindíssima, aliás todo a costa alentejana e algarvia dispensa apresentação nesse sentido. Para acampar escolhemos uma mata um pouco adiante mesmo antes da Carrapateira. Tinha de ser um local escondido dado estarmos mesmo no parque natural.No dia seguinte as coisas ficaram mais interessantes com várias subidas bastante íngremes que metiam respeitinho. Este segundo dia foi sempre junto…

Memórias TT – Marrocos 2014 – Foum Zguid a Abachkou (680 kms)

A vertente da viagem deste ano foi a travessia sul-norte das montanhas dos Atlas em pista pela zona central entre Zagora e Marrakesh. Devido à tendência de alcatroar grande parte das pistas para permitir o acesso a zonas anteriormente de difícil acesso, cada vez tem sido mais difícil percorrer largos kms sem encontrar alcatrão. No entanto com a ajuda preciosa do google earth e mapas Microsoft, ainda tem sido possível arranjar percursos seguidos em pista, neste caso especifico a travessia dos Alto Atlas centrais em pista.Uma das características mais notáveis de Marrocos é a extraordinária variedade de paisagens e este ano…

Espanha 2018 – TT na serra Nevada (77kms) e uma breve passagem pela Costa Andaluza e Sevilha

A 2a parte da viagem à Andaluzia realizamos na Páscoa. A Ana já de 8 meses obrigava a férias ainda mais relaxantes. Começamos em Sevilha na praça de Espanha. A curiosidade no meu caso vinha do 2o episódio da Saga Star Wars onde foi aqui mesmo gravado cenas do Palácio de Theed. Independentemente desta curiosidade é  uma belíssima e enorme praça. Das mais bonitas que já vi realmente.O destino seguinte foi dedicado ao Miguel. O aquário de Benalmádena com a curiosidade de ter um passadiço pelo meio do aquário em vidro sendo possível ver os animais a passarem por cima…

Espanha 2017 – TT nas serra de Cazorla e Segura (154kms) e uma breve passagem por Córdoba e Ronda

A 1a parte da viagem pela Andaluzia foi realizada em finais de Dezembro. Com a Ana grávida de 4 meses, optamos por umas mini-férias de turismo para conhecer alguns dos recantos do sul de Espanha. Começamos logo em Aracena com a gruta das Maravilhas. Em tantos anos de passagem nesta localidade a caminho de Marrocos e nunca nos tínhamos apercebido desta bonita construção da natureza.Seguiu-se Córdoba onde a atracção principal era a sua Catedral/Mesquita. Quando entramos ficamos maravilhados com a arquitectura tradicional típico das mesquitas, aquele imenso espaço com as colunas e arcos avermelhados. O que não esperava, isto porque…

Roma e Sardenha, o filme

Apresentação do filme da nossa viagem a Roma, realizada por via marítima desde Barcelona e onde ficámos 4 dias, e à Sardenha onde percorremos a parte noroeste da ilha, sempre junto ao mar e sempre que possível por caminhos de terra. Podes ver o relato desta viagem com fotografias da parte sobre Roma aqui e da parte sobre a Sardenha aqui.

De Santander ao Real Madrid – 3ª parte das férias pelo Norte de Espanha

Já estávamos de tempo contado e havia dois locais que eram imprescindíveis de conhecer. O primeiro era precisamente em Santander, o parque animal de Cabárceno. A expectativa era grande, um zoo gigante onde os animais andam livremente, lia-se no site do parque, e onde se entra com o próprio carro. Algo muito ao estilo de Jurassic Park…! E assim foi, depois de completado o percurso de Corunha, arrancámos directamente para Santander e como tínhamos tempo fomos à procura de um local selvagem para passar a noite. Tivemos sorte, mesmo próximo do parque, no cimo de um monte bem escondido e…

Norte de Espanha 2017 – do Boiro a Ferrol (270kms)

Depois de Santiago e das ilha Cies, seguimos para a costa leste da Galiza, partindo de Santiago até à localidade Boiro por caminhos de terra com o objectivo de conhecer esta costa, nomeadamente as ruínas Castro de Borona, povoado do sec I DC construído numa pequena península acessível por caminhos pedestres. Nesse dia ficámos ainda acampados no cimo de um monte lá perto com uma vista impressionante sobre toda a costa. De seguida seguindo o percurso em direcção a Corunha começando em Santiago, fizemos um pequeno desvio para conhecer a cascata de Ézaro e o parque natural Monte e lagoa…

Santiago Compostela e ilhas Cies – 1ªparte da viagem pelo norte de Espanha

Em tempo de contenção nada melhor que o país vizinho para umas férias em conta. Um país aqui tão perto e com uma diversidade notável. Começámos a viagem em Santiago Compostela que há muito queríamos ir visitar. Não necessita apresentações apesar de, possivelmente devido à elevada expectativa, ficou um pouco aquém do que estávamos à espera. Infelizmente a catedral estava em obras estragando um pouco as vistas exteriores e a quantidade de pessoas era incomensurável… mas quem tira férias em Agosto já sabe como é… De seguida fomos visitar as ilhas Cies. isto sim, foi algo inesperado. Um autentico paraíso…